A América Latina está na fronteira global dos mercados solares não-subsidiados. Com seus altos índices de insolação e uma demanda cada vez maior, o continente é uma das regiões mais atraentes para o desenvolvimento do setor solar. Os especialistas concordam em que, até 2022, a América Latina representará 10% da demanda mundial de energia solar. Trata-se de um mercado que se transforma a cada dia, com novos players e novas regras para a regulamentação das atividades.


A partir do dia 23 de agosto, quase toda e qualquer sucata americana que der entrada na China sofrerá um acréscimo médio de 25% de tarifa. A ação já vem sendo anunciada no mercado internacional há pelo menos um ano. A China é o principal mercado de destino das sucatas geradas nos EUA.


A The Recycling Association, entidade britânica voltada para a reciclagem, divulgou o resultado de um relatório que mostra que os fabricantes dos mais variados produtos encontrados na rede varejista financiam apenas 10% do custo da reciclagem da embalagem recuperada.

Ao contrário do Brasil, onde colocar “iniciativa privada” e "reciclagem" numa mesma frase causa pânico em muita gente, os EUA mostram qual é o único caminho para melhorar a eficiência de produtos secundários no ambiente industrial: Parceria Público Privada (PPP).


Chega aos cinemas do Brasil o longa-metragem “Ser Tão Velho Cerrado”, documentário que revela a série de desmatamentos que pode levar um imenso ecossistema à extinção. O documentário apresenta uma série de entrevistas com pessoas que estão lutando para evitar que o cerrado brasileiro vire uma imensa zona de pasto para a pecuária, ou plantação de soja.