Embora recupere o chumbo presente, a reciclagem de baterias é um dos processos que gera grandes passivos ambientais. Mas, a invenção de uma empresa americana promete revolucionar esse mercado usando a água como agente de reciclagem.

A Little Freddie empresa britânica fabricante de alimentos orgânicos para bebês e crianças (em parceria com a fabricante de embalagens Enval) inovaram no sistema de reciclagem de embalagens. Quando o consumidor termina de consumir o produto, basta colocar a embalagem vazia dentro de um envelope (já com porte pago) nos correios para que a mesma retorne para a empresa.

Por meio do programa Tecnologias Sustentáveis (SDTC), o governo canadense vai investir U$ 12 milhões na entidade Aliança Magnésio (AMI) para que desenvolva um projeto de recuperação do magnésio dos rejeitos das atividades de mineração. A ideia com o projeto é levar o País a uma produção cada vez mais limpa e sustentável criando empregos de qualidade, ao mesmo tempo em que ajuda o país a atingir suas metas de mudanças climáticas.

Um sistema catalítico criado pela empresa BioCellection (EUA) pode ser a resposta para resolver uma das etapas de maior custo na área de reciclagem de plásticos pós-consumo: a lavagem. O sistema pode ser a resposta para regiões que já enfrentam grave escassez de água.

Um dos grandes entraves no mundo da reciclagem é o aproveitamento do plástico preto devido a dificuldade de classificação deste material. Agora, uma tecnologia desenvolvida pela Masterbatch pode facilitar a identificação deste material em processos automáticos de triagem.